Ao longo dos seus 30 anos de contribuição à história brasileira, ao ensino e à docência, o AEL pode contar com a contribuição de brasileiras e brasileiros que tiveram a preocupação de conservar a memória das lutas de seu povo, lideranças e até mesmo de “ilustres desconhecidos”. O acervo do AEL reúne apenas uma parte dos registros arquivísticos de nosso pais, mas expressa de forma ímpar muitos dos caminhos percorridos nos dois últimos séculos.

O Arquivo Nacional, criado em 1838, órgão integrante da estrutura básica da Casa Civil da Presidência da República, tem por finalidade implementar a Política Nacional de Arquivos, por meio da gestão, do tratamento técnico, da preservação e da divulgação do patrimônio documental do Poder Executivo Federal, garantindo o acesso à informação com o objetivo de subsidiar as decisões governamentais de caráter político-administrativo, o cidadão na defesa de seus direitos e a produção do conhecimento científico e cultural.

Em 1970 o Governo do Distrito Federal foi signatário do Compromisso de Brasília, fruto do encontro de governadores dos estados, que elaboraram estudos sobre o Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. O documento recomenda o apoio do Arquivo Nacional às repartições congêneres estaduais e municipais relativas à preservação dos acervos documentais. Em 27 de abril de 1983, através do Decreto nº 7.493, criou-se o grupo de trabalho com o objetivo de estudar, sugerir, propor e adotar medidas para a implantação do ARQUIVO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL.

Criado em 1721 com o intuito de guardar toda a documentação administrativa existente na província, o Arquivo do Estado é a instituição pública mais antiga de São Paulo. Sua função é recolher, tratar e disponibilizar ao público todo o material de caráter histórico produzido pelo poder executivo paulista.

O Arquivo Público do Estado do Ceará tem como função recolher, preservar e divulgar documentos de valor histórico para referência e pesquisa. São correspondências, processos, relatórios, inventários, mapas, plantas e diversos outros documentos, emitidos pelos Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e, também, de particulares, desde 1703.

Criado com o nome de Archivo Público Espírito-Santense em 18 de Julho de 1908 pelo decreto nº 135 do Presidente do Estado, Dr. Jerônimo de Souza Monteiro, como um anexo à Biblioteca Pública. Em 02 de Dezembro do mesmo ano, a repartição foi minuciosamente regulamentada pela lei nº 559, ficando dependente da Secretaria Geral do Governo. O acervo existente e a ser recolhido ficou então dividido em quatro ordens: 1ª Legislativa e Administrativa; 2ª Judiciária; 3ª História e Geografia e 4ª Literária e Artística.

Um lugar onde a memória paraense é preservada. O Arquivo Público do Estado do Pará é um órgão centenário, detentor do maior acervo documental da região amazônica e um dos maiores e mais importantes arquivos estaduais do país. Mais informações: arqpep@prodepa.gov.br.

O Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro - APERJ, responsável pela guarda e preservação da documentação produzida pelo Executivo Estadual, reúne interessante e importantíssimo acervo que vem desde o século XVIII até nossos dias, contando com cerca de quatro mil metros lineares de documentos textuais, além de mapas, plantas, fotografias, filmes, fitas de áudio, fitas de vídeo e microfilmes. A instituição dispõe também de uma vasta biblioteca especializada nas áreas de legislação, história e arquivologia.

Arquivo Público do Paraná foi criado pela Lei n.º 33, sancionada pelo 1º Presidente da Província do Paraná, Conselheiro Zacarias de Góes e Vasconcellos, em 7 de abril de 1855. Denominado "Archivo Publico", tinha como finalidade reunir a memória impressa e manuscrita sobre a história e geografia do Paraná e funcionou por todo o período provincial (1855-1889) junto ao Palácio da Presidência onde foi instalada a Secretaria do Governo Provincial.

O Arquivo Público Mineiro tem por finalidade executar a gestão, o recolhimento, a guarda, a preservação e o acesso ao acervo arquivístico da Administração Pública Estadual e aos documentos privados de interesse público.

Voltar Topo Indicar a um amigo Imprimir
 

AMIGOS DO LIVRO - O PORTAL DO LIVRO NO BRASIL

FALE CONOSCO

 
Nipotech